Intocáveis – Uma amizade improvável

Fonte: Califórnia Filmes/Divulgação – Correio Brasiliense

O distanciamento social, recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) como método de prevenção da Covid-19, exigiu muitas mudanças – radicais para muitos – nas atividades do cotidiano. Milhares de pessoas que estavam acostumadas a passar parte de seus dias no trabalho, faculdade, eventos e outros lugares, na companhia de diversas pessoas, agora precisam passar o maior tempo possível em casa, evitando aglomerações.

Diante disso, manter momentos de prazer e lazer, ainda que em domicilio, são essenciais para manter a saúde mental em dia. Praticar o hábito da leitura e assistir bons filmes podem ser uma boa saída. Sim, mais uma vez a arte mostra sua importância para a sanidade humana. 

Pensando nisso, hoje trouxemos a indicação de um filme para assistir durante a pandemia. 

Intocáveis 

Intocáveis é um filme francês lançado em 2011. O longa é baseado na amizade real entre o empresário Philippe Pozzo di Borgo com o argelino Abdel Yasmin Sellou. Bateu o recorde de bilheteria na França em 2011, com mais de 20 milhões de espectadores e ganhou muitas premiações no mundo cinematográfica. Além disso, é o filme estrangeiro de língua não inglesa com a maior bilheteria nos cinemas do Brasil.

Philippe (interpretado por François Cluzet) é um aristocrata rico extremamente culto e que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente para suas necessidades ele abre um processo de seleção. Mesmo sem nunca ter trabalhado na função, Driss (vivido por Omar Sy), que precisava de um emprego por estar na condicional, resolve se candidatar à vaga.  Cansado de todos os que já haviam contratado, com quem nunca se dava bem, o milionário escolhe Driss. Mesmo que com muitos problemas devido as suas diferenças, dão início a uma amizade improvável e muito divertida. 

O filme estimula um olhar humanizado sobre o outro e nós mesmos, nos levando a refletir quanto as nossas próprias limitações e barreiras. Mas, não se engane, em nenhum momento “Intocáveis” apela para o melodrama, pelo contrário as situações mostradas na tela vão te arrancar boas risadas.

Lorraine Lemos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s